Ronald Peach - Outform DroidOlá Ronald, é um prazer entrevistar você aqui no Digital Signage Brasil, inicie com uma breve apresentação do seu ramo de atuação e de suas empresas para os nossos leitores.
Ronald Peach: O grupo Outform Droid tem 20 anos de mercado e é fabricante de displays para ponto-de-venda. Possui departamento de criação, modelação e prototipagem, bem como uma indústria com foco em madeira, plástico e fibra de vidro. Desenvolve e integra soluções para Digital Signage como players por cartão, com ou sem alimentação pela internet, CPUs, telas, pedestais, videowall e projetores. Presta também serviços de criação, gerenciamento e distribuição em conjunto com sua coligada Droidigital Midia, que opera uma rede de monitores indoor nas padarias de São Paulo.

Nos projetos desenvolvidos por você, percebemos que a mídia digital indoor está totalmente atrelada a elementos merchandising no ponto-de-venda, como displays interativos, adesivagem, games e etc. Qual o retorno que você tem obtido com esse trabalho?
Ronald Peach: São trabalhos em estágios diferentes de evolução. O digital signage aplicado a displays é uma atividade de trade marketing em pleno vigor, pois as telas funcionam como elementos de comunicação altamente eficientes e dirigidos, com alto poder de comunicação. A utilização de conteúdo aplicado cirurgicamente no ponto-de-venda, próximo ao produto, aumenta as vendas, encanta anunciantes e orienta consumidores. Seu foco é fortemente promocional e ligado a um produto ou marca, o objetivo é vender mais.

Já a mídia indoor, que possui uma grade de programação, mesmo sendo com certeza a mais eficiente das mídias por estar próxima do tripé consumidor, produto e dinheiro ainda é uma ferramenta em construção que carece de maior envolvimento do mercado. Ainda existe falta de hábito e conhecimento dos mídias de agências para planejar inserções nestes veículos. Há também uma rede pequena de telas se considerarmos as dimensões brasileiras. A mídia indoor será com certeza a melhor e mais eficiente ferramenta de comunicação por entregar comunicação dirigida, segmentada e a custo baixo. Os anunciantes estão apenas aguardando métricas melhores e pesquisas de mercado para investir nestes  novos veículos que vem surgindo nos mais diversos tipos de varejo.

Na sua análise, quais são as principais vantagens para o anunciante ao veicular mídia digital dentro do PDV?
Ronald Peach: A capacidade de vender mais, provocando impulso; A possibilidade de orientar adequadamente o consumidor quanto ao correto uso de produtos; O treinamento da força de vendas; Estar no target, falando do produto certo na hora certa, sem dispersão de comunicação.

A busca por esse tipo de mídia digital indoor tem aumentado cada vez mais no Brasil? Por quê? Você acredita que um fator crucial para o crescimento acelerado da digital signage em São Paulo ocorreu devido à implantação da Lei Cidade Limpa?
Ronald Peach: Com certeza. O mercado está crescendo em passos largos. Diversos grupos investidores vem fazendo acordos com varejos dos mais diversos formatos, de conveniência a construção, para instalar redes de mídia digital indoor. O motivo é que a segmentação de comunicação no varejo é algo muito bom para o anunciante, que pode atingir o consumidor certo, na hora certa, a custo baixo. É uma mídia cirúrgica e eficiente. A Lei Cidade Limpa colaborou indiretamente por restringir o uso outdoor, porém não acredito que tenha sido a molda principal em São Paulo, até porque atingem o consumidor em momentos e situações totalmente diferentes.

Como você avalia as ações de interatividade, monitores 3D, video-walls, gôndolas interativas que estão em desenvolvimento no mercado?
Ronald Peach: Avalio como excepcionais. A interatividade é uma ferramenta importante pois permite que o consumidor interaja com marcas, produtos, consulte catálogos, navegue em portais e se comunique com a empresa. É o futuro. Monitores 3D por sua vez, provocam uma experiência diferente e instigante, chamando a atenção do consumidor com objetos que saltam da tela. Para as lojas temáticas, o videowall tem sido muito requisitado por permitir a facilidade de promover produtos a um custo muito interessante. Todas as tecnologias tem tido redução de custo e se tornam cada dia mais viáveis.

Você acredita que os anunciantes e acima de tudo os usuários assimilaram bem o conceito da mídia digital indoor?
Ronald Peach: É um processo evolutivo. Os consumidores se ajustam rapidamente a essas mídias e passam a incorporá-las em seu dia-a-dia. Os anunciantes já entendem bem o conceito, apreciam a idéia, mas ainda estão longe de serem pró-ativos nisso. Há uma certa inércia em aderir a uma mídia tão espetacular e eficiente, com certeza muito mais do que outras que se encontram muito longe do ato de consumo. Sendo uma mídia muito recente, acredito que uma mudança radical surgirá rapidamente. Importante frisar que quanto maior o parque instalado, maior será a tendência dos anunciantes a aderirem à mídia digital indoor.

Qual a sua opinião sobre o conteúdo de entretenimento que hoje é veiculado nos mais diversos meios digitais (ônibus, metros, taxis, PDV, elevadores, aeroportos, farmácias e etc), ele realmente está sendo bem aplicado e é relevante para o usuário?
Ronald Peach: O conteúdo é a base para os meios digitais. O segredo não está nas telas, e sim no que elas veiculam. Cada veículo deve pesquisar atentamente o hábito do consumidor naquele varejo ou local, para que sua grade tenha sentido, seja no entretenimento, seja no impulsionamento de vendas. Há diversos casos de mídias muito bem elaboradas e apropriadas ao meio em que se encontram. Logicamente, também há casos aonde o conteúdo poderia ser mais apropriado.

Em outros países a mídia out-of-home já atingiu um ótimo grau de aceitação e profissionalismo. Como você avalia o surgimento/amadurecimento das empresas nacionais de sinalização digital e qual sua análise para um futuro próximo?
Ronald Peach: O Brasil é sempre um celeiro de idéias e profissionais criativos. Estamos indo muito bem, com diversos varejos de grande e médio porte aderindo ao digital signage. Os formatos ainda estão em ajuste, alguns usando para si, outros como ferramenta de mídia. Temos menos capital do que nossos pares europeus e americanos, porém tiramos vantagem disso. O brasileiro já nasceu globalizado, seja na comida, na religião ou nos costumes. Acredito que teremos muitos veículos em muitos tipos de varejo e atacado, substituindo suas comunicações estáticas, banners e luminosos pela sinalização digital.

Quais são os principais obstáculos enfrentados para se acelerar o processo de desenvolvimento nesse segmento de mídia?
Ronald Peach: O capital investidor e a compreensão de que mais do que um veículo de comunicação, hoje a sinalização digital é um produto promocional. O entendimento de que mídia segmentada tem mais valor do que mídia de massa.

O que você tem achado do papel de entidades como a ABDOH e o POPAI para o mercado nacional de digital signage?
Ronald Peach: Fundamentais, para que o mercado nasça de maneira organizada e dentro de padrões éticos praticados por todos. Não há prosperidade sem organização. Nascer certo é o melhor caminho, e as entidades tem forte papel nisso.

Qual a sua opinião sobre o blog digitalsignagebrasil.com para a indústria brasileira out-of-home.
Ronald Peach: O blog se destaca pela sua qualidade, trazendo os melhores cases e profissionais do mercado. É conduzido por gente antenada e séria. Fico contente por poder participar deste seleto grupo, é uma honra para mim e para a Outform Droid.

Esta entrada foi publicada em Entrevistas e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Entrevista: Ronald Peach – Outform Droid

  1. Tom Shen disse:

    O Ronald está de parabens. Suas palavras traduziram muito bem o mercado de DS no Brasil. Como brasileiros, somos muito previlegiados porque tendo começado mais tarde que em outros países, podemos evitar os erros deles e acertar mais.

  2. BOM DIA.

    FABRICAMOS PEDESTAIS, DISPLAYS PARA BANNERS EM ALUMINIO, VISITE O NOSSO SITE E COMPROVE NOSSOS NOVOS LANÇAMENTOS.

    AT
    VALDIR RODRIGUES
    011-2229-0703
    vendas@expotri.com.br
    http://www.expotri.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>