ftledd-lgA LG Electronics lançou na quinta-feira televisores LCD que utilizam LEDs como fontes de luz e anunciou que planejava vender até cinco milhões de unidades desses aparelhos em 2010.

A fabricante sul-coreana de televisores de tela plana também reiterou objetivo de vender 18 milhões de televisores com telas de cristal líquido (LCD) em 2009 e assumir a segunda posição nesse mercado, atrás da rival Samsung Electronics, também da Coreia do Sul, e ultrapassando a japonesa Sony.

Apesar da desaceleração econômica mundial que devastou o setor mundial de bens eletrônicos de consumo, os fabricantes de TVs de tela plana conseguiram enfrentar a desaceleração com mais sucesso do que outros setores.

LG e Samsung estão apostando em televisores com iluminação LED como futuras fontes de lucros. Os televisores com LEDs são cerca de um terço mais estreitos que os modelos mais antigos, cuja iluminação utiliza lâmpadas catódicas fluorescentes frias (CCFL), são mais duráveis e oferecem imagens mais vívidas, com maior contraste e capacidade de cores.

Simon Kang, presidente-executivo da divisão de entretenimento doméstico da LG, disse que a empresa estava a caminho de realizar a meta anteriormente declarada de vender 18 milhões de televisores LCD, acrescentando que as metas internas seriam “ampliadas” ainda mais.

A LG afirmou que os televisores com telas LED, que respondem por apenas 2,6 por cento do mercado TVs LCD, poderiam representar até 20 por cento desse mercado em 2010, e 40 por cento do mercado total em 2011.

A popularidade dos novos modelos dependerá da aceitação pelos consumidores de um significativo ágio de preços, que varia de 50 por cento a 70 por cento ante o dos televisores LCD comuns. Mas a LG antecipa que esse diferencial de preço se reduza rapidamente, para cerca de 40 a 50 por cento em 2010, e que fique perto da paridade em 2011.

Os televisores LCD respondem por 60 por cento do total vendido no mundo, de acordo com o grupo de pesquisa DisplaySearch. As vendas de modelos com telas LED devem crescer 10 vezes este ano, para cerca de 2 milhões entre os 120 milhões de unidades de aparelhos LCD vendidos.

Fonte: Reuters

Esta entrada foi publicada em Tecnologia e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>